Está claro: o forró não morreu

O forrozeiro às vezes troca as bolas mas que mal tem relembrar?

Não é forró se….

1- Não tiver sanfona pelo menos e a pegada das bandas da vanguarda ou até mesmo a levada mais contemporânea que começou com arranjos de bateria puxados pro vanerão. Instrumentos de sopro e matais podem fazer parte mas nunca uma percussão tipo Daniela Mercury
escondendo a voz até do melhor cantor do universo, da “diva”, da simpatia virtual ou do garoto inovador

2 – Se lota casa de show, se apresenta na maior festa do planeta mas não se encaixa no perfil do tópico 1

3 – Se paga pra sair em jornal, rádio, TV, propaganda do governo Americano, da NASA mas muda até o nome ou sotaque se precisar pra virar sertanejo mas não se encaixa no tópico 1

4 – O argumento de “todo mundo gosta” é o mais tolo do universo. Não é generalizando e acreditando que tudo que se entitula forró e se declara um “estouro” de fato o é, releva o tópico 1 e repense

O forró das antigas de longe não é o único que presta mas é o que mais pode ajudar os confusos da geração Swing e Paredão o que é esse ritmo fundado pelas mãos de gente como Eliane, Rita de Cássia e Emanuel Gurgel, Jotinha, Ailton e até Gilton Andrade. É no caos que se encontra referências e se consertam os erros. Vamos parar com essa guerra interminável e sair do alto do pedestal forrozeiro, críticos e fãs, admiradores e alucinados. Parem com essa visão mórbida que o ritmo morreu e que tá um desgraça, o ouvido, o dinheiro e a curtida no facebook é nossa então não vamos dar atenção ao que só desestrutura e enfraquece. O forró só perde com essa loucura e enquanto isso tanta gente enricando e chamando os guerrilheiros do ritmo de bobos por trás, cada um precisa rever suas posturas. Se não formos Unidos pela qualidade e discernimento, seremos mais vazios que um copo sem cachaça e nosso hobby e lazer serão oficina dos espertos. O forró não morreu e quem merece ele cheio de qualidade é você mesmo, forrozeiro!

2015/01/img_0728.jpg

Anúncios

Publicado em 21 de janeiro de 2015, em coluna falando em forró. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. O forró ainda não morreu mais sofreu uma metamorfose se continuar assim vai se acabar as bandas estão acabando com o que há de mais bonito no nordeste o nosso forró

    Curtir

Comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: