As 10 músicas que ajudaram a “mudar” a cara do forró moderno

Antes de começar essa coluna propriamente, gostaria de agradecer o convite para participar desse blog que sempre acompanhei como leitor e que agora faço parte dessa família falando de uma das minhas maiores paixões, o Forró.
Bem, a coluna dessa semana tem aquele peso inaugural mas decidir listar pra vocês as 10 músicas que ajudaram a mudar a cara do forró moderno. Seja por lançar bandas de alta qualidade e prestígio para com o público seja por alçar o ritmo a outro patamar perante a grande mídia, redesenhado todo um cenário. Vamos às canções (que não estão em ordem cronológica de lançamento) e respectivas explicações .

1 – Brilho da Lua :

A canção tem caráter de pontapé inicial, o nordeste começava a se encantar com o forró de Eliane e o lançamento dessa música foi um real estouro para todo o forró na época. A letra é de alguém muito especial que já no próximo número desse ranking vai ser lembrada


2 – Meu vaqueiro , Meu Peão :

Um misto de fatores justificam a explosão dessa canção lembrada até hoje com carinho por quem é forrozeiro. O Mastruz com Leite ganhou o planeta com a composição que projetou Rita de Cássia como compositora e que seria nos próximos anos a mentora intelectual de tudo que naquela época se chamou de Oxente Music. A voz da novata Kátia Cilene ainda iria nos dar muito orgulho e emoção. Milhares de grupos em todo o país queriam copiar os arranjos daquele grupo cearense e daí começa o forró como concebemos ele até hoje

3 – Me Usa :

Com uma pegada mais romântica, instrumentos de sopro bem marcados, sensualidade nas letras e a voz impecável de Walkyria Santos mostrou que era de Monteiro que despontava uma das maiores paixões do Nordeste lá. A banda Magníficos ficou conhecida em todo o país, fez muitos programas de televisão e até hoje é dona de um dos hinos do forró romântico e já levou muitos casais apaixonados a loucura

4 – Toma Conta de Mim :

O forró romântico teve muita vida na década de 90 com os irmãos Edson e Batista. A banda pernambucana de Salgueiro viu-se sem Edson e essa foi a oportunidade de Batista Lima aproveitar a deixa para se mostrar como compositor e produtor. Não deu outra! Toma conta de mim veio em versão estudo num cd da LCM e foi lançada paralelamente em formato acústico, inaugurava-se uma era nova na Limão e em todo o forró romântico que duraria até hoje

5 – Você não vale nada :

A Calcinha sempre fez sucesso em suas produções antigas, sendo regravada por outros artistas a exemplo de músicas como Cobertor e as incontáveis versões de hits internacionais mas fica com a regravação de Você não vale nada mas eu gosto de você originalmente da Solteirões do Forró, repercutida pelo Aviões do Forró e a Saia Rodada, caiu no gosto da Globo e, mesmo não sendo a primeira música de forró a tocar em novela, a letra de Dorgival Dantas explodiu lá pro sul/sudeste do Brasil e o sucesso foi selado até com o convite do Rei Roberto Carlos para ser executada com a formação da época e a voz linda de Silvania Aquino , ao lado
do também vocalista (na época) , Bell Oliver .

6 – Saga de um vaqueiro :

A gravação original da Catuaba com Amendoim é obra prima de arrancar suspiro. A música fez milhares de forrozeiros viajar na história do vaqueiro campeão que são Maia de 6 minutos de pura poesia. Rita de Cássia estava inspirada e compôs pra banda uma música linda que cria uma história mental de uma história de amor, talvez a segunda composição de mais destaque dessa lista por sua qualidade técnica (só perdendo pra grandeza da música 1 do Mastruz). O mastruz regravou anos depois e hoje leva o crédito da canção com merecimento pois o Neto está lá e se confunde com a própria carreira dele onde estiver

7 – Tontos e loucos :

Já tínhamos um novo cenário de vanerão no início da década. O Aviões do Forró rezou a cartilha das bandas cearense Gaviões do Forró e da Cheiro de Menina estourando canções como Jeito de amar (Já tomei porres), mais uma letra de Rita, e Coração (composição de Dorgival) mas foi com o vol.3 e a música Tontos e Loucos que começou a se firmar verdadeiramente no cenário e mudando de vez o forró atual com dezenas de cópias duvidosas, em meio a polêmicas envolvendo autoria das canções, o Aviões estaca preparado para um década de sucesso. A canção é um brega recifense do ex-Caviar Kelves Duran

8 – Belo cinquentão :

O forró moderno precisava de uma inovação e lá atrás os Brasas do Forró deu um passo importante. A mistura inusitada de dois lados musicais do país: o forró Nordestino e o Vanerão Gaúcho, ambos com acordeom e gaitas fazia uma inovação sem igual pro ritmo. Belo Cinquentão não foi a primeira do gênero nem os Brasas fazia aquele movimento só mas ao lado de bandas como Canários do Reino e Forró Real e todas as outras, surgiu um grande fenômeno forrozeiro encabeçado por Toca do Vale e seguido por Gleydson Gavião, Vicente Nery entre outros

9 – Correndo Atrás De Mim :

Qualquer semelhança com Você não vale nada mas eu gosto de você não é pura coincidência. A música do Aviões na novela das 9 Global rendeu bons frutos e a banda é lembrado pelos programas até hoje. É um daqueles forró que não explodiu no nordeste pra depois chegar por lá mas uma canção que ganhou o país ao mesmo tempo e teve seus méritos. A novela Avenida Brasil destacou três grandes hits o Kuduro, Assim você mata papai e uma música de forró autêntico, com letra mediana sejamos francos, na voz do Aviões.

10 – Rindo à toa :

Um outro movimento surgiu em São Paulo chamado Forró Universitário e trazia bandas como Rastapé e a sempre lembrada Falamansa. Rindo à toa foi regravada em shows pelos nossos artistas e enquanto havia mais um boom de forró por lá e o estouro de um tecladista Frank Aguiar, nós importávamos um forró gostoso de ouvir que nem o dos versos “Hahaha mas eu tô rindo a toa não que a vida esteja assim tão boa mas um sorriso ajuda a melhorar”

É isso forrozeiros, em breve falarei de mais canções importantes de outras formas aqui no nosso encontro forrozeiro. Um grande abraço !

 

Texto da minha coluna no blog Paixões do Nordeste

Anúncios

Publicado em 17 de dezembro de 2014, em eliane, mastruz com leite. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: