FALANDO EM FORRÓ: O caso Ana Gouveia

Conheci a voz dela ainda na Mulheres Perdidas, antes mesmo de Valéria estourar com a música Eu me rendo, gostava muito da capacidade vocal daquela cantora forte que só depois de investigar descobri que era Anajara Gouveia. Vibrei quando ela entrou na Calcinha Preta e acho que fez um excelente trabalho porém como tudo ali naquela banda acaba (até o bom senso) ela saiu. As causas não me interessam, cabe aos envolvidos mas tudo tem um fim. Fato é que ela tem voz realmente bacana e que faria diferença em muitas bandas mas nem tudo na carreira de um artista é perfeito.

Boatos, boatos e mais boatos. Somos uma comunidade de muita opinião, gente coerente mas também pessoas exibidas que adoram saber tudo dos artistas ou pra se sentir “rei da informação do forró” ou pra fazer a linha venenosa venenosa mesmo, que pena. Você deve ta se perguntando o sentido das frases acima, calma, agora continuo o texto relacionando com Ana Gouveia. 

Eu nunca vi na história do forró na internet, que já dura mais de 10 anos (eu participo de forró na internet desde a época do extinto Canal Forró e do mIRC, coisa de velho), uma cantora para ser mais vítima de disse-me-disse como Naja. Sim, ela é vítima dessa boataria e permanece desempregada pelo menos até a hora desse post (tomara que amanhã já tenha emprego)

Consigo contar umas 8 bandas que deram como certa a ida dela. Teve gente jurando pelo pai e pela mãe. Fazendo promessa e tudo mas parece que não era né?

Muitas vezes inocentemente, os diFÃmadorores são reprodutores de histórias sem fim que até visam o bem dela mas por vários momentos a cantora é vitimada por boatos. A fama de barraqueira corre os quatro cantos da internet e é  enorme, sinceramente não sabemos se é verdade, mas os fãs ou haters (pessoas que odeiam, em livre tradução), levaram isso a exaustão e talvez essa fama seja uma das coisas que mais prejudicam ela. PENSA:

Imagina ser possivelmente contratado por várias bandas e nenhuma ficar contigo. Eu se fosse empresário pensaria duas vezes antes de chamar alguém assim. Na velha lógica do “ali tem coisa”. O nome dela não tá dominando o nordeste, desculpa fãs ardorosos por dizer a verdade, mas essa fofocaria é um prejuízo enorme pra própria cantora a qual nem conheço pessoalmente ou por internet,  sou apenas testemunho dessa novela virtual e  só começo a voz nos CDs. Eu desejo que as pessoas reflitam sobre o que é realmente ser fã no forró, que vocês continuem gostando dessa mulher (ou tantos outros artistas), mas que acima de tudo torçam e evitem essa patifaria em torno do nome dela que cansa quem não é devoto da religião Ana Gouveia. E se ela tiver me lendo, desejo sinceros parabéns pelo talento e que ela arrume um emprego em banda de forró muito em breve. O fã de forró precisa deixar de ser menos eufórico e somar sem deixar ainda mais pedras no caminho

Anúncios

Publicado em 1 de outubro de 2014, em coluna falando em forró. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: