Arquivo da categoria: gatinha manhosa

PORTALFORRO.NET – LUTO: Falece cantor Senna Boa Vista, ex-Banda Líbanos e Gatinha Manhosa 

Faleceu na noite do último Domingo, 24, o cantor e compositor Senna Boa Vista. O músico integrou a Banda Líbanos e tinha a saúde comprometida por uma tetraplegia devido a um acidente quando ainda integrava a banda cearense. Senna marcou uma geração do forró cearense,  escreveu sucessos românticos de várias bandas como Mala 100 Alça, Moleca 100 Vergonha, Gatinha Manhosa, Tropykalia e diversas outras bandas. Desejamos conforto para a família e nossas condolências neste momento. Confira um dos maiores sucessos escrito por Senna na voz de Suzy Navarro:

PORTALFORRO.NET – Confira entrevista com Edson Lima

O site Farol de Notícias entrevistou esse grande artista e simbolo do forró de qualidade. Leia a nossa transcrição completa e saiba das novidades da Gatinha Manhosa e da carreira do cantor:

Créditos: Site Farol de Notícias

 Edson Lima, é um prazer para nós do FAROL entrevista-lo. Quanto tempo já de carreira?

EDSON LIMA: Comecei em 1984, praticamente, mas a primeira banda entrei em 85, 86 por aí. Tem 30, 31 anos já. E na Gatinha Manhosa são 14 anos, porque a banda vai fazer 16 anos e eu passei ainda dois anos na Limão Com Mel, antes de vir para a Gatinha. Onde cantei por dois anos com Sarah e Senna Boa Vista que eram os cantores na época. Depois de dois anos eu vim e gravei a música “Leilão” na época e entrei na banda de vez.

Gostaríamos que você relembrasse um pouco da história da sua carreira. Falasse um pouco das bandas que passou e de momentos marcantes na Gatinha Manhosa.

EDSON LIMA: Um dos momentos mais marcantes da minha história foi cantar a primeira música, e foi uma coisa que me identificou muito foi ter um cantor do interior de Pernambuco cantar a primeira música internacional, “Still Loving You” e ser reconhecido com essa música, com uma banda que mal aceitava que eu assistisse os ensaios e quando me viram cantar. Essa foi a nossa primeira música, cantamos na Concha Acústica, onde hoje é o Rangu’s Bar, naquele mesmo local. E quando eu cantei a primeira música fui chamado, que era a banda Aramá, naquele tempo, do saudoso Wilson Fogos, daqui de Serra Talhada. Foi um momento emocionante porque foi o sonho de todos começando a se realizar.

Depois veio a banda Magazine, uma das maiores bandas bailes daqui do Nordeste, uma banda que eu participei. Veio a Limão Com Mel, que foi outro sonho, que eu não imaginava ser cantor de forró e em sequência teve os momentos da Gatinha Manhosa, que foi a música “Leião”, que eu acho que foi um ícone do forró hoje e que tocou no Brasil todo. Uma boa parte do Brasil, aliás. Depois com César Menotti e Fabiano ela percorreu o resto do Brasil a fora. Então, eu tenho o prazer de dizer que gravei a primeira música que deu início até o sertanejo universitário. Porque César Menotti e Fabiano foi a primeira dupla a ser sertanejo universitário e a música de trabalho era “Leilão”, depois de seis anos que eu já havia gravado.

DSC_0025

 Atualmente como está a agenda de shows da Gatinha Manhosa? Você percorre o Brasil inteiro com shows e o pessoal ainda curte muito o forró romântico?

EDSON LIMA: Ainda bem que curte bastante. A gente fica até impressionado com o movimento que tomou de conta do forró romântico, que hoje não é mais a mesma coisa o forró romântico. As rádios não tocam mais como antigamente, mas a gente persistiu em não mudar esse estilo. Então, fazemos algumas outras batidas, mas sempre falando da palavra amor. Não pode fugir dessa palavra. E não se rendendo ao duplo sentido, ao banalismo das letras musicais, a gente vem conseguindo se manter no espaço. Gatinha Manhosa hoje é uma banda que faz entre 15 a 18 shows todo mês, mesmo com a situação atual do Brasil e essa crise toda. A gente está sempre saindo de casa e viajando todos os finais de semana, têm sido assim durante todos os 15 anos da Gatinha Manhosa.

E eu tenho certeza que não vai ser diferente, porque a música romântica, eu digo sempre, é a música que fica, que não cai. Por mais que você esteja curtindo seu paredão, a música que quando você chega em casa você escuta é a romântica, para lembrar daquele amor que não deu certo naquela hora do paredão. Você vem matar as mágoas em casa com uma boa música romântica e a gente está entre elas. Edson Lima, Batista Lima, Aduilio Mendes, Kátia Cilene, Beto Nascimento, Ângela Espindola, Valquíria Santos, Rita de Cássia são pessoas que o tempo não vai apagar nunca. Fizeram sua história, ficou marcado e vai ficar por muito tempo ainda.

 Falando sobre esses novos ritmos musicais que vem surgindo. Gostaríamos de saber como é para você fazer esse movimento contrário do mercado musical, permanecendo com o forró romântico e ainda fazendo tantos shows por mês e fazendo tanto sucesso?

EDSON LIMA: A gente sabe que é muito difícil, mas uma coisa que conscientiza muito a gente é que temos um público muito fiel. Aquele público da gente não é o que se renova sempre. Vou dar um exemplo da Limão Com Mel, que tem duas fases. A fase Edson Lima e a fase Batista Lima. Edson Lima nos anos 80 e 90, Batista dos anos 90 e 2000. Então, quando a gente se encontra e conta essa história, tem muita gente que quer ouvir e gosta desse estilo. E o que nos deixa mais feliz é que a música da gente é para sempre, como eu te falei antes. Não é uma música de dois meses apenas. A gente sabe que eu canto músicas hoje como se fosse um sucesso atual, mas tem 20 anos de gravadas.

E têm músicas hoje que são do mês passado e você não aguenta mais ouvir. A diferença nessas coisas, a juventude hoje curte uma musicalidade que é totalmente alternativa a realidade que a gente viveu há 15, 20 anos atrás. Mas a nossa música predomina e muitos jovens curtem, mesmo sem ser da época dele. Mas vão ao show e se apaixonam com as mesmas canções, nós somos uma equipe privilegiada. Não é forró das antigas, é clássicos das antigas e a gente fez parte dessa história.

DSC_0036

Queremos saber agora sobre o futuro da Gatinha Manhosa, como estão os planos para a banda? Vem novidade por aí?

EDSON LIMA: Estamos recebendo agora até o final do ano dois DVDs, o “Mesa da Amargura 2”, um projeto que eu fiz alternativo, que eu sempre quis fazer e o DVD de 15 anos da Gatinha Manhosa, que foi gravado no São João de Caruaru desse ano. Foi muito bom, maravilhoso, com uma superestrutura e está chegando aí, atrasando um pouquinho. Mas até o finalzinho de novembro a gente já está com esses dois DVDs que estão saindo com novas canções e também o melhor da Gatinha Manhosa.

Edson, nesses 31 anos de carreira, você se mostrou um artista completo. Além de se tornar um cantor ícone também produz bandas e eventos. Como anda essa parte da sua carreira com a produção musical de bandas e eventos?

EDSON LIMA: Eu sempre gostei de fazer essas coisas. Os shows a gente tem feito aqui com uma sociedade com Jean no Forró do Matuto. E eu gosto muito de alternar, quero até agradecer a Serra Talhada pelo sucesso que foi Tirulipa. A gente se encontrou em um show e ele queria que eu o trouxesse aqui e virão outros shows de humor, como Zé Lezim. Que já trouxe duas ou três vezes já, infelizmente não posso mais trazer o meu amigo Shaolim, porque não se recuperou ainda. Mas assim que se recuperar ele vai voltar aqui. As bandas nacionais hoje estão um pouco difícil de trazer por causa dessa situação nacional, para você acreditar e existe uma garantia mínima que se torna altíssima e você não tem como acreditar.

Não duvidando do público de Serra Talhada, mas por causa da situação atual. Às vezes você traz shows que pensa que vai superlotar e a realidade acaba sendo outra e a gente está vivendo isso no dia a dia nas estradas. A gente sempre vai ao Rio de Janeiro e São Paulo. Lá está muito melhor do que aqui, porque o nordestino lá tem aquela saudade e dificilmente a gente vai é como se fosse um show no nordeste. As coisas que eu gosto muito de fazer são shows, na realização de grandes eventos, mas com bandas estamos aí com o contrato para a confecção do DVD do meu amigo Kennedy Brasil, que é um cara que me ajudou muito com muitos sucessos dele.

E provavelmente estaremos fechando uma parceria com Everton Lima, para a gente divulgar o trabalho dele. Eu não gosto de ver um talento parado quando se tem. A gente não pode investir muito em verba, hoje está difícil para manter a Gatinha hoje está difícil, para manter a Banda Sete é difícil, mas o que a gente puder fazer em contato e colocar a pessoa e colocar o seu nome em um trabalho, colocar em divulgação. Na hora que eu divulgo a Gatinha Manhosa, eu vou estar entregando o CD desses artistas. Tanto do Kennedy quanto do Everton, que tenho o prazer de ajudar.

DSC_0029

 Jennyfe Diana enviou a pergunta ao FAROL pelas redes sociais ainda sobre a gravação da música “Leilão” que marcou o início da sua carreira na Gatinha Manhosa e depois a regravação da música pela dupla César Menotti e Fabiano. A composição de Ivo Lima marcou sua carreira, o que essa música significa para você?

EDSON LIMA: Todo mundo pensa que os compositores Ivo Lima e Cristian lima são nossos irmãos, são donos de músicas lindas de Calcinha Preta, a maioria delas. De Limão Com Mel, muitas músicas minhas são deles. E Leilão foi ele que me deu essa música na época. Eles são sobrinhos de Michael Sulivan e Leonardo Romano, cantor de Recife. Ele já tem uma familiaridade de grandes nomes. Além de cantor e compositor o Cristian Lima também é guitarrista, uma das pessoas mais completas na música que eu conheço. E são grandes compositores, mas não tem nada de familiaridade com a gente.

Músicas como “O inverno acabou”, “História de Amor”, “Leilão” e outras mais são da parceria de Cristian Lima e Ivo Lima, eles são irmãos. É como se fosse aquela dupla: Michael Sulivan e Paulo Massadas, Roberto e Erasmo. Foi muito bom ter gravado ela, porque tem uma história interessante. Foi a última música gravada no CD, eu já não queria mais gravar nada e ele me pressionou: ‘grava essa música que Limão não quer gravar, calcinha não quer gravar’ e me passou por telefone. Eu estava em Fortaleza e ele me ligou de Recife, e por telefone ele cantava e eu ouvia e cantava. E eu ia gravando aquela guia e depois fui colocar a voz original e o arranjo.

Mas ela veio na hora certa. Eu digo uma frase: a música certa não é para quem quer, é para quem é. Também tiveram outras canções que ele me ofereceu que eu não quis, não apostei na música e foi sucesso com Calcinha Preta. Várias e várias canções, mas eu acredito que tinha que ser ela mesmo. Depois para apadrinhar veio César Menotti e Fabiano gravando ela também, hoje existe uma amizade muito grande entre eu e a dupla. Por sinal, provavelmente está vindo um encontro no Esquenta. Eu recebi isso há uma semana, está tendo uma reunião para fazer sobre música romântica e foi citado Edson Lima e Gatinha Manhosa.

Quando eles me procuraram eu dei a ideia de fazer um encontro, que foi feito já na Tv Diário, mas você sabe que não é nacionalmente, para fazer esse encontro e falar sobre uma música que movimentou o forró romântico há muito tempo e depois entrou para o sertanejo. A produção entrou contato com o César Menotti e Fabiano, eu conversei com Fabiano e estamos acertando os detalhes para ver se realmente vai ter. Se tiver vai ser de bom tamanho.

 Quando a Gatinha Manhosa voltará para fazer show em Serra Talhada?

EDSON LIMA: Acredito que em janeiro, a gente está vendo a contratação de uma atração que foça fazer o lançamento, tanto do DVD ‘Mesa da Amargura’ volume 2 e uma banda de forró que seja a altura e que nunca tenha vindo em Serra Talhada. Acredito que não veio ainda e estamos vendo, provavelmente seria Solteirões do Forró. Juntamente com Valquíria Santos e essa parceria que ela está com Zé Cantor e está uma maravilha. Essa é apenas a primeira ideia, outras ideias podem vir e outras bandas. Como Seu Maxixe que tem se destacado por aí e outro cantores nacionais que sempre entram e contato com a gente. Nada ainda definido, mas em janeiro é que a gente faz o lançamento do DVD e comemora os 15 anos da Gatinha aqui.

PORTALFORRO.NET – O grande encontro das Vozes: Edson Lima e Batista Lima explicam em vídeo detalhes do projeto!

edsonlimaeBlportalforro

 

Nomes fortes no mercado forrozeiro e sinônimo de romantismo e suas apresentações, os irmãos e cantores Edson Lima e Batista Lima acabam de anunciar o projeto ”Grande Encontro de Vozes”. Os cantores já dividiram o palco várias vezes mesmo após a saída de ambos da Limão com Mel e hoje seguem suas carreiras solo com muito sucesso e credibilidade perante o público.

O vídeo mostra os irmãos a vontade e explicando melhor como será o projeto e as grandes novidades. Foi anunciado um DVD e a participação de grandes nomes do forró e amigos de Edson e Batista Lima. Assista ao vídeo completo:

PORTALFORRO.NET – ”Grande encontro de Vozes” une Batista Lima e Edson Lima em nova turnê

BatistaLima-DVDSalgueiro-NOTICIA06

Nomes fortes no mercado forrozeiro e sinônimo de romantismo e suas apresentações, os irmãos e cantores Edson Lima e Batista Lima acabam de anunciar o projeto ”Grande Encontro de Vozes”. Os cantores já dividiram o palco várias vezes mesmo após a saída de ambos da Limão com Mel e hoje seguem suas carreiras solo com muito sucesso e credibilidade perante o público.

A nova parceria será uma tour em conjunto com apresentação conjunta dos dois, que permanecem também com suas bandas e fazendos os shows de carreira, e promete percorrer todo o Brasil cantando novos hits e músicas clássicas nas belas vozes deles. A idéia foi muito bem recebida pelo público que já começa a criar muito entusiasmo e expectativa das primeiras apresentações, que lembrarão bastante o já renomado encontro de bandas ”Forró das Antigas” mas com alguns diferenciais como participações especiais e algumas novidades que ainda estão em segredo. Há promessa de DVD inédito já em 2016 e o PORTAL FORRÓ vai estar coladinho trazendo as informações para vocês, fiquem atentos!

PORTALFORRO.NET – Gatinha Manhosa divulga 2 músicas inéditas (em ritmo de arrocha)

gatinha-manhosa-novembro-2015

A banda pernambucana Gatinha Manhosa acaba de lançar dois novos sucessos que virão no álbum a ser lançado já no clima da tour 2016. ”A Cena” e ”O tiro certo” possuem letras românticas que vão pegar de jeito o coração dos apaixonados, porém o ritmo difere bastante do forró romântico tradicional da Gatinha e vem em ritmo de arrocha. A primeira canção é um dueto de Edson Lima e Kelly Freitas, já a segunda é apenas na voz de Edson numa levada que lembra bastante o projeto ”Mesa da amargura”. Confira o resultado em primeira mão aqui no PORTAL FORRÓ!

LINK: http://www.suamusica.com.br/gatinhamanhosanovembro2015

PORTALFORRO.NET – Gatinha Manhosa divulga capa do novo CD e DVD em comemoração aos 15 anos de banda

IMG_8809

Finalmente foi divulgada a capa do novo CD e DVD da Gatinha Manhosa comemorando 15 anos de estrada. A imagem trás Kelly Freitas e Edson Lima e o repertório com clássicos que marcaram a trajetória do grupo. Em breve traremos todas as novidades assim que o trabalho for lançado!

PORTALFORRO.NET – Edson Lima anuncia novo dvd Mesa da Amargura

maxresdefault

Após gravar o novo DVD da Gatinha Manhosa em Caruaru, a ser lançado em breve, o cantor Edson Lima anunciou que o novo registro em vídeo do projeto Mesa da Amargura será gravado no próximo dia 29 na cidade paraibana de Campina Grande. Edson promete uma noite de muito romantismo e canções da música popular que tocam diretamente o coração dos fãs e para abrilhantar a noite muitas surpresas estão sendo esperadas, dentre elas a presença do cantor sertanejo Léo Magalhães e os forrozeiros da banda Bonde do Brasil!

FALANDO EM FORRÓ: Gatinha Manhosa, sempre uma grande emoção

Assim como um bom vinho, a voz e o talento de Edson Lima só melhoram com o passar dos anos. Com a qualidade refinada em composições e arranjos vocais, o cantor traz um novo trabalho para sua Gatinha Manhosa que, embora não esteja evidenciado tão claramente na imagem de divulgação, conta também com as talentosas e veteranas forrozeiras Ângela Espíndola e Kelly Freitas que embelezam a banda com muito talento em todas as composições.
O álbum tem como destaque maior a linda canção A TAÇA E O VINHO e ESSA NÃO É UMA CANÇÃO DE AMOR mas de longe são as únicas românticas que merecem ser ressaltadas, SINCERAMENTE, PRECISO ME DAR UM TEMPO, QUE MAL TE FIZ EU (já conhecida do público), a regravação de AMOR QUE NÃO TEM FIM na voz de Kelly, que faz bonito que nem fazia Sara Reis na original e e todas as outras. É romantismo, arranjos cheios de inovação, sem perder a qualidade do passado e mostrando que Edson Lima não quer parar no tempo com sua Gatinha Manhosa.
O CD é o mais baixado lá no site Sua Música mostrando que o forró romântico e de qualidade não é necessariamente feito apenas de canções antigas. Nosso ritmo tem sim muito fôlego e o forrozeiro antenado aprova variedade e cuidado com as canções!

LINK: http://www.suamusica.com.br/#!/ShowDetalhes.php?id=488160&novo-cd-do-edson-lima-&-gatinha-manhosa.html

 

ENTREVISTA: Kelly Freitas – Gatinha Manhosa

Dona de uma das vozes mais incríveis do nosso forró e já sinônimo de Gatinha Manhosa, Kelly Freitas topou conversar com a gente sobre a vida e trajetória no forró. Ficou super legal, confira nosso bate-papo com essa super cantora!

 

PF: Kelly, como começou sua carreira como cantora?  Quais bandas passou antes de entrar na Collo de Menina, a primeira grande banda que te destacou no meio forrozeiro ?

Comecei muito cedo, meu pai cantava e tocava muito bem, isso logo me despertou! Comecei a cantar em grupos, depois passei pra umas bandas maiores. A primeira banda mesmo chamava-se Pancada de Amor, depois passei em Percurso Musical, Cebola Ralada, vixe, cantei um bocado por ai, então veio o convite pra formação da Collo de Menina e eu fui.

PF: Como surgiu o convite pra Gatinha Manhosa e como recebeu essa proposta?

Sobre a Gatinha, há uns 3 anos vínhamos amadurecendo essa idéia de Edson Lima, quando recebi o primeiro convite (de vários vários) ainda na Collo. Fiquei surpresa e feliz porque sempre fui fã dessa galera do forro romântico, me senti das boas (risos) porque para estar no meio de Ângela Espindola e Edson Lima tem que ser bom e no momento certo aceitei.

 

PF: Qual sua relação com Ângela Espindola, os boatos no meio forrozeiro muitas vezes são infundados, é verdade que vocês não se dão bem?

Minha relação com Ângela? Olha, na verdade, é claro que nenhuma cantora teria coragem de declarar ódio uma pela outra numa entrevista ou coisa assim, por isso dizer que amo, que somos grandes amigas tornou-se até banal sabe? Sempre declaramos nosso amor, respeito e admiração uma pela outra, eu digo SEMPRE. Ângela é mas uma irmã que eu ganhei de Deus, durmo na casa dela, ela dorme na minha, comemos juntas, sorrimos juntas , até sofremos juntas, nunca na vida olhamos nem de cara feia uma pra outra…Contudo se ainda restam dívidas, fazer o quê? Nesse exato momento tô aqui de boa cuidando da casa dela, junto com a filha dela Bianca Espíndola… Agente se ama, somos irmãs e já tem quase 2 anos que estamos juntas! E aí? Quem briga geralmente são alguns tipos fãs que por algum motivo procuram chamar atenção de forma errada!

PF: Você acredita que esta fase do forró ostentação terá vida longa , você acompanha e curte essas bandas deste seguimento ?

 

Olha fica difícil dar uma opinião assim, ate porque respeito todo mundo, sabe, acho que tem espaço pra todas as bandas. Mas quanto ao seguimento dessas bandas, sou suspeita pois não saí de uma banda completamente romântica, porém não ostentávamos, então desejo que dure o suficiente enquanto for bom, não é o tipo de forró que eu paro pra escutar mas trabalho sem problemas com o estilo e respeito muito!

PF: Há boatos de qua a Collo de Menina estaria voltando. Você voltaria pra banda caso o Erivan quisesse manter a formação de antes? 

Olha a Collo de Menina é a minha cara. Uma volta seria muito bom pro mercado porque é uma super banda, falar de Collo pra mim é difícil foram quase 10 anos, é muito importante pra mim, a empresa é seria, responsável e eu admiro muito, mas o futuro a Deus pertence. Em todos os sentidos!

PF: Caso surja a oportunidade de você escolher um cantor(a) pra fazer um dueto com você quem escolheria e por quê? Você acredita em amizade verdadeira no meio forrozeiro?

NETO ARAÚJO, sem dúvidas ou especulações! Meu eterno parceiro e que me perdoem os outros, mais nossa relação é intensa e fraterna. Acredito sim em amizades no meio, eu por exemplo tenho várias que construí e até hoje mantenho contato e quando encontro faço aquela festa! Pessoas com coração ainda existem, e falsos temos em todo lugar, as vezes até dentro de casa

 PF: Você recebeu o convite pra ir pro Bonde do Brasil assim que saiu do Collo de Menina?

 

O bonde do Brasil foi um projeto que eu vi nascer, ajudei e incentivei.Gravei vocais, ajudei até com algumas escolhas, foi um projeto feito em primeiro lugar pra dois homens que no caso eram Fernandes e Jonhson. A idéia das meninas veio depois assim como o espaço que elas estão conquistando agora, quando tudo isso aconteceu eu ainda estava na Collo e nunca tive interesse de sair de lá nem para as maiores bandas as quais eu recebia convite, sempre apostei na Collo. Depois o Bonde tinha que vir com a cara dele e veio. E nem com a minha saída da Collo, porque lá tem duas cantoras que começaram lá, isso é a história delas, o espaço é delas. O meu sempre será na Collo de Menina independente de estar na ativa ou não

PF: Mesmo com a correria de shows e viagens você consegue fazer o papel de dona de casa e de mãe já que você tem dois filhos lindos?

Consigo mas confesso que é um sufoco, viu? Não é fácil e principalmente agora com bebê que requer muita atenção, chego em casa cansada e saio cansada. Porém quero dizer que COMPENSA fazer o que ama e ainda mais estar com quem ama, faço um esforço e minha recompensa é amor e carinho de ambas as partes.

PF: Você tem uma relação muito bonita com seus fãs, da atenção a todos e os trata muito bem. Você já se desentendeu com algum deles ou já foi mal interpretada?

 

Meus fãs de verdade são meus amigos, presentes valiosos que Deus me deu, agradeço todos os dias pela vida deles e por me amarem de uma forma tão intensa e respeitosa. Só posso retribuir com o mesmo amor, se já ouve algum desentendimento deve ter sido em algum momento que não nos conhecíamos, pois mal entendidos, má interpretação sempre acontecem, porém com quem me conhece de verdade não. Tenho aproximação demais com meu fã clube eles são familiares que tenho espalhados por esse Brasil. Á eles, o meu amor!

PF:  Como você vê a atitude de um fã que viaja de cidade em cidade e que faz loucuras pra estar ao seu lado? Você concorda com essas atitudes?

Olha eu acho lindo e gratificante ao meu trabalho esses esforços, porém eu tenho um coração de mãe sabe, quando vejo eles nos shows fico extremamente preocupada com a volta década um, com a hospedagem, com a alimentação e até com a entrada no show. Então eu amo mas me preocupo muito, peço sempre a Deus que interceda pela vida deles.

 

Kelly, infelizmente é chegado o fim da nossa entrevista, deixa pro nosso site e comunidade forrozeira a sua mensagem de despedidas. Muito obrigado!

 

Obrigada a vocês que fazem o blog  www.forro.wordpress.com e Círculo de Forró pelo carinho e atenção com a minha pessoa. Um beijo no coração de cada leitor e pros meus queridos fãs de todo Brasil que fazem de tudo pra estarem junto a mim. Estou à disposição, um abraço e muito sucesso pra vocês!

 

Por Layron Sousa

DVD Gatinha Manhosa – 13 ANOS

DVD novo da Gatinha Manhosa com alguns novos sucessos e os maiores hits de Edson Lima e companhia ao longo desses anos. Alooooo, coração!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.175 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: